27 julho 2006

Geopolítica

Há dias em que me sinto verdadeiramente esmagado pela sapiência dos meus amigos! Depois de uma ideia revolucionária sobre os novos serviços do Google, hoje aquando da minha declaração de intenções, via MSN Messenger, de emigrar para o Burkina Faso, deparo-me com a seguinte interpelação:
Fazes mal. A Serra Leoa é muito mais bonita, tem praias espectaculares e milhares de pessoas bimanetas; a Libéria é o país africano mais parecido com a América de antigamente; a Costa do Marfim tem tb belas praias e foi o país que viu a sua força aérea destruida num só dia pela França, país que anda agora a zurzir contra a desproporcionalidade de Israel.

Ora isto levantou-me uma série de dúvidas, agora já não sei para onde hei-de emigrar... Ainda mudo de costa Africana e vou mas é para o Djibouti! E com tanta cultura e sabedoria, mais dia menos dia tenho um ataque informático como o Abrupto do Pacheco Pereira!

P.S.: É o que dá ter amigos versados em Relações Internacionais...

5 sem piedade...

Por volta das julho 27, 2006 3:45 da tarde, Blogger Spiritman aka Bacardiman expôs:

POis nao sei....
Mas olha, quando fores pa africa, vás tu pa onde vás, chama-me, leva-me contigo!!! Quero dançar na praia, na montanha, no lago ou na banheira porque... africa rima com.... pretas!!!! Gosto muito de pretas!!! Ai gosto gosto!!! Sao a mulher bomba!!!!

Cumprimentos mixed by Jameson 12 anos!!!!

 
Por volta das julho 27, 2006 8:23 da tarde, Blogger Ismael expôs:

Muito obrigado pelos elogios todos...

E nota que, falando de África Ocidental, nem sequer te mencionei esse agradável país que é a Guiné-Bissau...

 
Por volta das julho 27, 2006 8:36 da tarde, Blogger Ismael expôs:

Se fores para o Djibuti, não deixes de visitar a Somália, país sem governo central há 15 anos, governado por vários grupos militares em conflito entre si, e onde entraram tropas etíopes a semana passada para conterem o grupo islamita radical (possivelmente ajudado pela Al-Qaeda) que proibiu transmissões televisivas do Mundial e que ameaça voltar a reunificar o país. (Claro que ninguém liga a isto por causa do Hezbolá.)

 
Por volta das julho 28, 2006 4:37 da tarde, Blogger Zézé Tasqueiro expôs:

Correndo o risco de me entrometer e não tendo qualquer legitimidade para opinar, arrisco! E porque não a Eritreia, pais banhado pelo mar Vermelho e onde se pode sempre dar um saltinho à Etiopia para fazer umas compras!

 
Por volta das agosto 01, 2006 11:36 da tarde, Blogger Chôr Nobre expôs:

Eu sugiro a Faixa de Gaza. Tem zona costeira (aliás fica situada naquilo que se chama o rabo do mediterrâneo porque ocorrem grandes "tracks e rebentamentos" que inclusivamente chegam a matar civis inocentes).
Para além disso podes contar com um óptimo ambiente pois as etnias que lá vivem dão-se muito bem, inclusivamente fazem festas diárias com fogo de artifício e pirotecnia artesanal.
Podes também dar um saltinho aos Montes Gollan que ficam perto e que neste momento são ocupados pelo exército israelita, por isso lá estás em segurança. Se lá fores podes ir almoçar a uma aldeia libanesa (acho eu) em que toda a gente fala português.

Se achares a Faixa de Gaza um destino perigoso, aconselho-te a ir à Africa do Sul, principalmente a Joanesburgo. Quando lá chegares veste uma t-shirt da Selecção Portuguesa e se quiseres abrir um negócio de férias, abre um restaurante ou uma mercearia tipicamente portuguêsa. Os joanesburgueses adoram-nos.

 

Arrazoar!

<< Voltar ao P...NS!!!